29/04/2013 10h50 - Atualizado em 22/05/2013 20h05

Como utilizar o câmbio automático da melhor forma!

Aprenda a utilização correta do câmbio automático, visando o máximo de desempenho e eficiência, evitando assim o desgaste prematuro de seus componentes.

Por: Destaque Carros
    

Muitas pessoas não sabem como dirigir um carro com câmbio automático, e outras não sabem como dirigir de forma que garanta o máximo de desempenho e eficiência, visando o mínimo desgaste das peças e consumo de combustível, essa falta de instrução ou de má utilização do sistema é responsável pelas famosas quebras no câmbio automático, então hoje vamos tirar algumas dúvidas sobre o com utiliza-lo.

alavanca cambio automáticoFoto: Alavanca cambio automático     Imagens: Divulgação

O câmbio automático na maioria deles, geralmente possui as seguintes posições P, R, N, D, 1, 2, 3. 

A letra P significa Park e deve ser utilizada quando o carro está estacionado, isso não quer dizer que podemos esquecer de utilizar o freio de estacionamento ou “freio de mão”, popularmente conhecido. O freio de estacionamento é fundamental para garantir que o câmbio não fique sobrecarregado, pois quando fazendo dessa forma, e não utilizamos o freio de estacionamento, ao removermos a alavanca de câmbio da posição P, é provável ouvirmos um estalo bem forte. Esses estalos são os componentes do cambio que foram movidos forçadamente e isso pode provocar sérios danos ao sistema inclusive a sua quebra, a manutenção ou reparo dos componentes não são baratos.

Cambio BorboletaA posição D significa drive, muitas pessoas acreditam que dirigir um carro automático é apenas colocar a alavanca do câmbio na posição D e sair dirigindo, porém não é bem assim, devemos prestar atenção em algumas situações como por exemplo, se precisarmos sair em uma subida, o recomendado é posicionarmos a alavanca do câmbio ou função seletora (as famosas borboletas atrás do volante ou seleção manual de marcha) na opção 1 do cambio e não a D, pois assim faremos com que o automóvel saia com mais facilidade e força, causando então um menor desgaste nas peças do cambio. Para caso de engarrafamento ou paradas no semáforo, não devemos colocar a alavanca na posição N, pois fazendo isso vamos aquecer o sistema do câmbio, além do mais, alguns carros como por exemplo o Vectra, durante o pressionamento do pedal do freio, o sistema simula automaticamente a posição neutro ou N quando o automóvel atinge a velocidade de 3 km/h, o ideal sempre manter o cambio na letra D para esse tipo de situação.

Durante as descidas não devemos colocar a alavanca do câmbio na posição D ou N, além de aumentar o consumo do combustível, fará com que o carro ganhe mais velocidade, e fique mais difícil de diminuir a velocidade, aumentando também o consumo da pastilha de freio. A utilização do freio de serviço de forma excessiva em descidas longas, pode ocasionar o superaquecimento do sistema de freios, além de diminuir a capacidade de frenagem do automóvel, o correto é ao invés de pisar no freio, o motorista deve passar a alavanca para uma marcha mais reduzida, lembrando que a marcha deve ser de acordo com a velocidade do automóvel, fazendo com que assim o sistema injeção de combustível corte o consumo de combustível e o freio motor entre em ação, contribuindo para diminuição da velocidade, economia de combustível, e diminuição do desgaste das pastilhas de freio.

Durante as subidas quando temos um pouco de velocidade, é interessante não utilizarmos a alavanca do câmbio na posição D, mas sim na posição 3 ou 2, de acordo com a velocidade e tipo de subida que vamos encarar, pois teremos mais torque a nossa disposição para encarar melhor o trajeto e também um desgaste menor do sistema de cambio do automóvel.

Seguindo essas dicas é possível fazer com que a vida útil do seu câmbio automático seja maior além de garantir outros benefícios como diminuição do consumo de gasolina e desgaste dos freios.

É proibida a reprodução de qualquer material publicado pela Destaque Carros entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição, salvo quando existir prévia autorização por escrito dos responsáveis da Destaque Carros.